VEREADOR GAÚCHO QUE DENUNCIOU TORTURAS EM SANTO ÂNGELO SOFREU PERSEGUICOES DURANTE ANOS

No ano de 1970, o vereador de Santo Ângelo, RS, subiu na tribuna da Câmara Municipal e  denunciou torturas no quartel do exercito daquela cidade. Nao deu outra, o coronel Domingos   Fragomeni, comandante da Guarnição do Exercito determinou a abertura de Inquérito Policial Militar e  partir desse momento a vida …

CARTA DE EX-PRESO POLITICO REVELA QUE DOI-CODI TENTOU MATA-LO COLOCANDO VENENO EM SUA COMIDA

Eu conheci Ubajara Silveira Roriz no Chile, no inicio do ano de 1972.  Ele foi me apresentado pelo Jose Carlos Mendes. Ubajara e Mendes eram combatentes organizados no Comando Juarez de  Brito, da VPR no Rio de Janeiro e haviam participado da captura do embaixador da Suíça no …

1971, CARTA INÉDITA DE ZUZU ANGEL: “FUTURO MOSTRARÁ MEU FILHO COMO O TIRADENTES DA ÉPOCA DOS COMPUTADORES”

Terezinha, a destinatária da carta de Zuzu Angel , escrita em 17 de agosto de 1971, com meu irmão já morto, é a mulher de um general comandante da época. Alceu Amoroso Lima, intelectual, pensador católico, que envia uma correspondência para Zuzu Angel. Antonina Murat Vasconcellos, mãe da …

PROVAS CONTUNDENTES DA PARTICIPAÇÃO DE EMBAIXADOR EM BUENOS AIRES NO SEQUESTRO DE JEFFERSON CARDIN

Documentos do Centro de Informações no Exterior – CIEX, comprovam a participação do então embaixador do Brasil na Argentina,  Francisco Azeredo da Silveira no sequestro e tortura de Coronel Jefferson Cardin Osório. Azeredo pessoalmente autorizou o sequestro do coronel democrata que estava exilado. Azeredo estava …

DOCUMENTOS SOBRE A PRISÃO DE OLAVO HANSEN, OPERÁRIO MORTO NO DEOPS/SP, DURANTE TORTURA

” , Olavo Hansen foi o primeiro operário morto no DEOPS/SP na ditadura militar brasileira. Seu assassinato em 1970, segundo Elio Gaspari, foi um primeiro “embaraço” ao governo Médici, que buscava negar, a despeito das denúncias internacionais, que houvesse tortura em suas prisões. Olavo Hansen …

AGENTES DA DITADURA PRENDEM IRMÃO DE MILITANTE DA VPR QUE FOI IDENTIFICAR CORPO NO IML

No dia 19 de outubro de 1969,  Francisco Araujo da Nóbrega, foi ate o Instituto Medico  Legal do Rio de Janeiro, fazer o reconhecimento e recolher o corpo de seu irmão Jose Araujo da Nóbrega, que segundo informou a repressão havia morrido por ter resistido …