Lorena Aubrift Klenk | Crônicas

O bolo

Com a vista embaçada de quem havia almoçado bem, depois de cumprir a jornada de trabalho com carteira assinada, segui lendo a miséria das ruas

Lorena Aubrift Klenk