26 nov 2021 - 8h45

Fome de tudo

Lembro que a única vantagem daqueles panos era a possibilidade de cantar sozinha

Naquele ano o calor veio tarde, mas arrebatador. Voltamos à vida depois de uma pandemia acrescida da vontade de morte, embora no fundo toda gente soubesse que da morte não há volta possível. E foram tantas.

O caixão de uma criança não é coisa que se esqueça assim fácil. O tempo é um princípio ativo que marca na pele. Toda memória é uma cicatriz.

O mundo beirava às margens do fim. Eram umas nuvens de poeira comendo nossa  cidade, um pôr do sol esfumado, parecia uma pintura expressionista.

As abelhas corriam o risco de extinção, mas naquela primavera gozaram como nunca a doçura das flores. Tudo parecia um pouco mais do que era.

Lembro que a única vantagem daqueles panos era a possibilidade de cantar sozinha. O rosto coberto foi uma inibição protetiva que se estendeu por vários anos seguidos, sem que soubéssemos ao certo se era hábito ou precaução.

Fevereiro voltou à costumeira alegria de sempre e em Salvador sentia na pele o cansaço de tudo. A mãe de santo me disse que barriga vazia é uma espécie de desproteção, pois muitas coisas brotam das ruas e todas elas demandam um corpo.

O carnaval enfim foi possível e passou por mim o bloco a máscara caiu.

Foi preciso um par de olhos para ver de perto a passagem e dar conta de que

as coisas não acabam em definitivo e que ainda assim é possível fundar recomeços.

Exu me disse que o tempo não é definitivo, tudo está contido dentro de tudo e em cada fim há um novo princípio. Com exu não se discute.

A praga surgiu da pressa. Depois dela, seguiu a urgência.

Era fome de vida em um mundo voraz.

Últimas Notícias

Post adultera áudio e mente ao afirmar que Lula foi xingado em Caruaru

É falso conteúdo publicado no Facebook afirmando que Lula foi hostilizado ao participar da festa junina em Caruaru, Pernambuco. A publicação sofreu edição com a introdução de um áudio com gritos de “ladrão”. No conteúdo original, o ex-presidente é aplaudido durante um ato político de um aliado em Uberlândia, Minas Gerais. No post, é tocado um jingle de pré-campanha eleitoral

Projeto Comprova