Postagens com promessas | Plural
escola-publica-de-qualidade
25 jun 2020 - 18h41

Postagens com promessas

O que impedia o nosso encontro não era o trabalho. Nem eram as demandas da família, ou o tempo chuvoso e o frio. Era a preguiça, o conforto, o não querer ser alterado

Um dia, daqui não sei quantos meses/anos/dias (porque quem vai determinar isso é a ciência), eu vou querer sair com você e tomar um café, caminhar no parque, ir numa festa, dar um abraço. Se você colocar seu like e comentário neste post vai me dar um gostoso de saber que você leu e gostou, mas não é a sua interação nas redes sociais que vai fazer diferença, vai ser o nosso comprometimento de viver a vida real, parar de reclamar que o trabalho ou seja lá o que impede a gente de se ver e não deixar pra quando der. Porque a quarentena nos ameaça, diariamente, de nunca mais dar.

O que impedia o nosso encontro não era o trabalho. Nem eram as demandas da família, ou o tempo chuvoso e o frio. Era a preguiça, o conforto, o não querer ser alterado, eu confesso – pra você e pra mim mesmo. E quero poder olhar no teu olho e pedir desculpas por estar prometendo te encontrar, neste momento futuro que nem sei, em vez de celebrar todas as vezes que nos encontramos. Porque não nos encontramos o suficiente e só agora sei disso.

Se escrevo isso, pra quem conheço e pra quem nunca vi ao vivo, é porque o centenário da minha quarentena me mostrou que sou feito do seu olhar, você é feito do meu, juntos passamos por esta breve existência e a celebração da vida é em comunhão.

Que os cafés não sejam só desculpas de angariamento de “likes“, mas compromissos reais de que a nossa vida faz mais sentido juntos.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias