Isolamento social dia 137 | Plural
31 jul 2020 - 17h28

Isolamento social dia 137

Querido diário: éramos mais vivos antes das LIVES

Querido diário: quando a pandemia acabar – e precisamos repetir, a cada dia, que ela vai acabar – vou ter que convidar pessoas a irem ao teatro. Talvez alguns, desacostumados ou desmemoriados, vão me perguntar “o que é teatro mesmo?” e eu serei obrigado a explicar:

– É como se fosse uma LIVE, mas você está no mesmo local que a pessoa.

– Vixe… precisa estar lá? Não posso ver depois, num outro horário, enquanto estiver cagando?

– Não… Não funciona assim. Foi tudo preparado para que você tivesse essa experiência humana ali, ao vivo, a gente respirando junto, sabe?

– Sei… E eu posso pedir pra dar pause, se eu quiser pegar uma água?

– Não… Veja, o evento não é só pra você , então não tem pause, ele continua!

– Claro, que nem nas LIVES!

– Isso!

– Eu posso dar pause quando assistir depois.

– Não tem depois!

– Ué, por que não? Bom, tudo bem, vai… Também não vou ser tão chato. Afinal, é de graça.

– Não… Você tem que pagar pra ver!

– O quê? E se eu não gostar? Como eu faço pra desligar?

– Você sai do teatro. E pode pedir seu dinheiro de volta, é um direito seu.

– Ok, é que eu posso estar de mau humor na hora… Bom, e qualquer coisa, também, eu vejo depois, né? Quando eu puder pausar!

– Não tem DEPOIS!

– Orra, difícil esse negócio de teatro, né?

Querido diário: éramos mais vivos antes das LIVES

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias