Isolamento social dia 136 | Jornal Plural
Clube Kotter
30 jul 2020 - 21h19

Isolamento social dia 136

Em tempos de cativeiro, a liberdade é um fetiche

Querido diário: a porta nos olha, todos os dias, provocativa. As curvas sensuais da maçaneta me excitam. Quero tocá-la. Quero apertar com força, quero ouvir a maçaneta rangendo gostoso pra mim. Vai, range, delícia! Abre o trinco pra mim, abre! Deixa eu te enfiar minha chave todinha, deixa. Eu giro devagarinho dentro de você até você soltar. Vai, vai, vai, VAI! Abre pra mim. Abre! Arregaça essa dobradiça! Me mostra o mundo lá fora. Me mostra. Me mostraaaaaaa!

Em tempos de cativeiro, a liberdade é um fetiche.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias