Rei Leão: a música, era tudo o que se esperava | Plural
22 jul 2019 - 21h17

Rei Leão: a música, era tudo o que se esperava

Daniel Derevecki diz que a trilha do novo filme não deixa nada a desejar

Quando se faz um remake de um clássico é comum que parte do público não goste da nova versão. Com o novo O Rei Leão, dirigido por Jon Favreau, não tem sido diferente. Há quem diga que o filme precisaria ser “mais próximo do original”. Apesar de realmente o longa percorrer alguns caminhos um pouco diferentes do desenho de 1994, ainda assim é muito adequado à narrativa inicial. Agora, com relação à música não há do que reclamar, o trabalho foi impecável.

Hans Zimmer é o compositor da trilha sonora, que tem também Elton John e Tim Rice, compositores da música tema, Circle of Life que ,nas vozes dos sul-africanos Lindiwe Mkhize e Lebo M, contribui para a abertura catártica do filme. Destaca-se aqui o trabalho de preparação vocal do coral que faz o backing vocal, dirigido por Lebo M. No restante da trilha, as vozes de Donald Glover (Simba), Beyoncé (Nala), Seth Rogen (Pumba), Billy Eichner (Timão), Chiwetel Ejifor (Scar) e John Oliver (Zazu) garantem o resultado, fazendo da parte musical do filme um espetáculo à parte. 

A playlist foi lançada dias antes do longa, com direito a um clipe oficial para aguçar a curiosidade. Entre as novidades, ficou em suspense a canção Spirit, interpretada por Beyoncé, sendo liberada para streaming apenas depois da estreia. A música é bonita, mas não é essencial. Parece mais uma forma de valorizar a presença da cantora no elenco. Essencial mesmo foi o dueto dela com Donald Glover em Can You Feel the Love Tonight. Uma bela interpretação, temperada pelas tiradas de humor de Timão e Pumba. Mas não posso deixar de apontar um problema apenas: a cena se passa ao entardecer e não à noite. No desenho, tudo começa ao pôr-do-sol e daí escurece. No filme não chega a escurecer, mas nem por isso a música deveria se chamar Can You Feel The Love This Afternoon, do contrário estaríamos no rumo de um novo Juntos e Shallow “Não”.

Mas a interpretação que mais chamou a minha atenção foi a de Be Prepared, na voz de Chiwetel Ejifor, que entregou um Scar diferente, com uma atmosfera mais sombria do que o do desenho. Ele começa falando um texto, que aos poucos se transforma numa poesia declamada até tomar forma de canção. Quando começa então a cantar, revela-se um intérprete de primeira. Não que Beyoncé e Donald Glover não o sejam, mas no caso deles não há novidade no fato de cantarem bem. Agora, Ejifor sim surpreendeu. E para fechar o time de astros da música, não poderia faltar Elton John, que canta Never Too Late.

Música instrumental

Pouco há o que se dizer de Hans Zimmer, a não ser o fato de que ele é sensacional, um mestre na arte de compor verdadeiras narrativas musicais. Reflections of Mufasa e Battle for Pride Rock para mim são as melhores. A primeira, pela mescla entre a orquestra e os instrumentos tipicamente africanos, como a kalimba; a segunda, pela grandiosidade da orquestração e pela forma como a tensão se desenrola, colocando realmente o espectador na disputa para salvar o reino. É uma peça longa, com 11 minutos de duração.

Coral

Um último destaque: o coral. Não dá para pensar em Rei Leão sem aquele coral na abertura. A soma das vozes gera uma massa sonora que impacta a audição. O que mais me encanta é o timbre, porque aquilo que se ouve não é o produto de muitas pessoas cantando juntas, o que se ouve é um único som, o do coral. Aí não tem, é emoção na certa.  

O ranking

As minhas escolhas musicais, por ordem daquilo que gostei mais:

1 – Be Prepared (2019)

2 – Circle of Life/Nants’Ingonyama

3 –  Can You Feel The Love Tonight

4 – I Just Can’t Wait to Be King

5 – Hakuna Matata

Minha releitura de 1 minuto de Circle of Life, para piano (escolhi apenas a parte principal do tema)  

Circle of Life, com arranjo de Michael Davis e interpretada por Alex Boyé, Mormon Tabernacle Choir e Orchestra at Temple Square (não tem relação com o filme propriamente dito, trata-se de uma interpretação e um arranjo diferente, mas agrega muito em termos de sonoridade)

Trilha sonora completa do novo Rei Leão

Assuntos:

Últimas Notícias