23 ago 2021 - 9h30

Manifesto de uma casa

Nesta casa, não gostamos do Bolsonaro, nem de nada que ele representa

Nesta casa, não gostamos do Bolsonaro, nem de nada que ele representa.

Misoginia, preconceito, discriminação, extremismo, intolerância, destruição. Ignorância.

Não toleramos sua presença agressiva, repulsiva, asquerosa, ignóbil, inculta.

Nesta casa, não conseguimos gostar desse tipo de comportamento débil e imaturo. Criminoso e irresponsável.

Nesta casa, não aprovamos destruição, desinformação, alienação. Desprezo pela cultura ou pela educação.

Nesta casa, não gostamos do escárnio, e, muito menos, da falta de compaixão.

Não gostamos do sarcasmo, do sorriso tirano diante da dor do outro.

Nesta casa, não gostamos da indiferença e da falta de humanidade.

Esse é o nosso manifesto. Hoje, muito comum entre as empresas e organizações. Em nosso caso, apenas é o manifesto de nossa casa.

Queres entrar?

Seja bem-vindo. Mas, diante de todo o exposto, não ouse defender, ou apoiar, em nosso chão, nada que venha dele, pois, aqui, defendemos o Amor. Toda a forma de amor. E Bolsonaro não sabe o que é isso. Portanto, ele não é defensável.

De toda forma, defendemos o direito de escolha. E a escolha é sua! Se queres entrar seja bem-vindo. Lembrando sempre que nada que venha dele tem acolhida entre nós.

Temos convicção que não há nada de bom que advenha dele. E, portanto, não seja você um infortúnio e desavisado mensageiro do inexistente e do irreal. Não aqui, em nossa casa.

Se queres entrar, respeite nosso manifesto. Do contrário, Deus o abençoe. E o Diabo que te carregue.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Assuntos:

12 comentários sobre “Manifesto de uma casa

  1. Deixo aqui meu apoio , em sua casa, na minha casa , em muitas casas não apoio esse governo ! Vergonha alheia ! obrigado por esse texto lindo !

  2. Concordo em gênero, número e grau! Com um agravante, tenho dúvidas quanto a este ser pertencer à espécie humana, que primata parece ser. Meio que contrariado, pois a postura deste ser foge a da escala animal; os animais são seres afetuosos entre a sua espécie. Isto me faz crer que assim como Deus colocou o seu filho na terra e a sua semelhança; o Diabo parece-me ter feito o mesmo.

  3. Galera , leiam a mídia seria como Pingos nos Is ; Lacome ; Arnaldo Jabor ; Caio Copolla ; Alexandre Garcia , pra se interagirem quem são os genocidas e os corruptos no Brasil !
    Em que planeta vc moram !!??

  4. Que bom saber que somos uma comunidade de casas que cultuam o amor, a democracia, o respeito. Casas com luz. As casas sombrias serão iluminadas ou desaparecerão. É o processo que se espera das coisas: evolução. O mal não dura pra sempre.

  5. Comentário em delay, mas necessário.
    Belíssimo texto e super necessário nestes tempos de marcha à ré no processo civilizatório.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Radiocaos Fosfórico

Neste episódio os textos e ideias combustíveis de Trin London, Merlin Luiz Odilon, Menotti Del Picchia, Alana Ritzmann, Otto Leopoldo Winck, Gabriel Schwartz, Cyro Ridal, Robson Jeffers, Guilherme Zarvos, Carlos Careqa, Clarice Lispector, Luciano Verdade, Giovana Madalosso, Charles Baudelaire, Arnando Machado, Edilson Del Grossi, Francisco Cardoso, Liliana Felipe, Valêncio Xavier, Carlos Vereza, Ícaro Basbaum, Mauricio Pereira, Mano Melo, Monica Prado Berger, Amarildo Anzolin, Antonio Thadeu Wojciechowski, Marcelo Christ Hubel, Cida Moreira, entre outros não menos carburantes.

Redação Plural.jor.br