Covid–19 x acidentes de trânsito | Jornal Plural
Clube Kotter
8 jul 2020 - 16h29

Covid–19 x acidentes de trânsito

Mas o que acontece com as pessoas que se acidentam, não morrem e ficam com graves ferimentos? Essas vítimas são encaminhadas para os hospitais e geralmente ocupam leitos de UTIs

Estamos em isolamento social, em tempo de pandemia por causa da Covid-19, e com isto é inevitável que aconteça uma redução no número de veículos nas vias, o que me leva a pensar: quem mata mais por dia, o trânsito ou a Covid-19?

Vamos lá. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, todos os anos morrem cerca de 1,3 milhão de pessoas vítimas de acidentes de trânsito no mundo, aproximadamente 3.750 pessoas por dia.

No Brasil, de acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, em 2018 o número de mortos chegou a 32.121, uma redução de cerca de 9% quando comparado ao ano de 2017. No Paraná, a redução foi de cerca de 4%. Podemos com isto dizer que no Brasil morrem cerca de 100 pessoas por dia em acidentes de trânsito.

Mas o que acontece com as pessoas que se acidentam, não morrem e ficam com graves ferimentos? Essas vítimas são encaminhadas para os hospitais e geralmente ocupam leitos de UTIs.

As estatísticas apontam que cerca de 60% dos leitos de UTI até este momento eram ocupados por pessoas vítimas de acidentes de trânsito, ou seja, 6 de cada 10 leitos eram ocupados por pessoas feridas nesses acidentes.

E o que estamos aprendendo com a Covid-19 é que as pessoas que são vitimadas pela doença precisam destas mesmas UTIs para terem melhores chances de sobreviver.

Aqui peço a vocês que pensem. Até este momento as mortes por Covid–19 no mundo não chegam nem perto das mortes que ocorrem por causa dos acidentes de trânsito, e no Brasil podemos pensar ou até afirmar que este isolamento pelo qual estamos passando, na realidade está salvando da morte motoristas que estariam no nosso comum e normal trânsito de cada dia, ou seja utilizando as mesmas UTIs que hoje estão sendo usadas pelas vítimas da Covid-19.

Independentemente do momento que estamos passando, e que nos traz enormes preocupações e dúvidas sobre como será pós-pandemia e isolamento.

Temos uma certeza, que depois de um tempo nossa vida voltará ao normal, a pandemia da Covid-19 terminará, mas a pandemia dos acidentes de trânsito voltará e continuará a arrasar famílias com as mortes e com a sequelas dos seus.

A pandemia das mortes no trânsito ainda não foi capaz de parar o mundo.

Portanto, faça a sua parte e #protejaavida.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias