E agora? Tem o futebol americano... | Jornal Plural
9 dez 2019 - 23h13

E agora? Tem o futebol americano…

Apesar de certa xenofobia que ainda impera por aqui, não deixa de crescer no Brasil o interesse pelo esporte

No país do futebol (será mesmo?) há frases famosas. A começar pela contribuição do radialista Benjamin Wright, que, ao cobrir a Copa do Mundo de 1954, na Suíça, decretou: O futebol é uma caixinha de surpresas. De fato, até porque, em campo, quem não faz, leva

Entre festas, lágrimas, lamentos e protestos, 2019 já faz parte da história – para alegria de muitos e decepção de outros tantos. Lamentável mesmo é quando a decepção descamba para a violência, o ódio. Caso do Cruzeiro.

O dia 8 de dezembro vai ficar marcado como a data da maior decepção dos 98 anos de vida do time mineiro, rebaixado que foi para a Série B com a derrota (2 x 0) diante do Palmeiras – e em pleno Mineirão. A primeira queda do clube, o pior capítulo de sua história quase centenária – a Raposa vai completar 99 anos no próximo dia 2. Por que Raposa? Pela cor azul e a astúcia do animal.

Entre a tristeza e a revolta, assentos das cadeiras do Mineirão foram quebrados e atirados em direção ao gramado. A polícia interveio para conter o vandalismo, ao som de bombas dentro do estádio. Por conta do quebra-quebra, a partida foi encerrada antes dos 40 minutos do segundo tempo. Muitos torcedores, inclusive com crianças no colo, fugiram do tumulto.

Buscando outros campos

Na rodada final do Brasileirão, houve quem decidisse radicalizar. Nada de trocar de time ou partir para o quebra-quebra, mas sim deixar o nosso futebol em segundo plano e virar torcedor em outra prática esportiva. O tal futebol americano, por exemplo.

Sobre o futebol americano: há quem reclame não propriamente do esporte, mas do nome dos times:

– Duro de pronunciar…

O fato é que, apesar de certa xenofobia que ainda impera por aqui, não deixa de crescer no Brasil o interesse pelo futebol americano. Ainda há quem faça cara feia, alegando que se trata de um esporte muito complicado. Assim sendo, há quem recomende uma leitura. O texto de Marcelo Brandão publicado em novembro de 2016 no site da Agência Brasil. Título: Entenda o futebol americano.

– O futebol americano é um jogo de conquista de território. Cada time tem quatro jogadas para avançar dez jardas (9,14 metros) com a bola. Caso avance, ganha direito a mais quatro jogadas e assim por diante. Caso não consiga, devolve a bola para o time adversário, que terá sua oportunidade de atacar.

Cada time conta com 11 jogadores titulares de ataque e 11 de defesa. O quarterback é uma espécie de “camisa 10” do time. É das mãos dele que sai a maioria das jogadas de ataque, seja lançando a bola para outros jogadores ou entregando nas mãos de um companheiro para uma corrida. Em algumas jogadas, ele mesmo corre com a bola.

A principal pontuação do jogo é o touchdown e vale seis pontos. Um touchdown acontece quando um jogador recebe a bola no fundo do campo adversário ou corre com ela até lá (local chamado de end zone). Após o touchdown, o time tem direito a tentar um ponto extra, chutando a bola no meio das traves. O time também pode tentar uma conversão de dois pontos, através de uma jogada normal de ataque a partir da linha de duas jardas, passando ou correndo com a bola até a end zone.

Outra pontuação recorrente nas partidas é o field goal. É um chute executado pelo kicker, jogador que só entra em campo em situações de chute. O field goal rende três pontos ao time se a bola chutada passar pelo meio das traves no fundo do campo. Após uma pontuação, a bola é devolvida ao adversário, para que ele inicie sua campanha de ataque.

Arbitragem de olho

Existem várias situações caracterizadas como falta no futebol americano. Dentre elas estão agarrar a grade do capacete do adversário, atingir o adversário “cabeça com cabeça” ou acertá-lo após o término da jogada.

A NFL é a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos. Também conhecida como National Football League, a NFL é considerada uma das quatro grandes associações esportivas nos EUA com a NBA (basquete), MLB (beisebol) e NHL (hóquei). A NFL tem partidas de setembro a dezembro, com um total de 32 equipes. A liga se divide em Conferência Americana e Conferência Nacional com 16 equipes cada uma. Cada equipe joga um total de 16 partidas na temporada regular. A pós-temporada é realizada no mês de janeiro e as equipes campeãs de cada conferência se enfrentam para seguir para o famoso Super Bowl. O de 2020, aliás, já está com os ingressos à venda.

Últimas Notícias