E a corrupção chegou aos trilhos | Plural
12 ago 2019 - 21h54

E a corrupção chegou aos trilhos

O jogo do bicho nasceu com uma boa intenção, mas logo virou bagunça

Diante das denúncias quase diárias de corrupção e outros trambiques, não poucos recorrem a um velho adágio popular: a única coisa honesta no Brasil é o jogo do bicho.

Exageros à parte, isso mesmo, há quem tenha lembrado que corrupção vem do latim corruptus – quebrado em pedaços. E o verbo corromper significa “tornar pútrido”. A corrupção pode ser definida como utilização do poder ou autoridade para conseguir obter vantagens e fazer uso do dinheiro público para o seu próprio interesse, de um integrante da família ou amigo. Ou seja, favorecer alguém prejudicando outros. Corrupção (ou corrompimento), em sentido lato, remete à ideia de decomposição.

Das origens

O jogo do bicho foi criado em 1892, pelo barão João Batista Viana Drummond, fundador do Jardim Zoológico do Rio de Janeiro. A intenção era nobre: atrair mais visitantes para enfrentar o corte de verbas do governo. E continuar alimentando os animais. Drummond chegou a imprimir o desenho de 25 bichos nos ingressos, para facilitar as apostas. E o jogo do bicho foi ganhando corpo.

E como o dinheiro fácil atrai picaretas, temos um baita exemplo com as ferrovias. Do escritor Arnoldo Monteiro Bach, no livro Trens, publicado em 2008:

 – A data histórica de sua primeira viagem é o dia 30 de abril de 1854. O Brasil ganhou novos contornos. E a corrupção, novos caminhos. O jogo do bicho, que era diário e livre em todo o Brasil, tinha resultados transmitidos pelo telégrafo. Somente no dia seguinte é que, nas malas especiais ou por cartas enviadas pelo Correio, as listas chegavam aos chamados chalés (que antecederam as casas lotéricas). Alguns telegrafistas fraudavam os telegramas, anotando resultados faltos, que eram as milharescentenas ou dezenas que haviam apostado. Recebiam o dinheiro dos palpites, mas não escapavam da punição, que ia até a demissão. Até que, em 1941, o jogo do bicho foi declarado ilegal, proibido pelo decreto-lei número 3.688 e considerado contravenção juntamente com jogos de azar, atividade de cassinos e exploração não autorizada de loteria.

Últimas Notícias