3 dez 2021 - 8h00

Absurdos mais absurdos – é o vale tudo dele

Não bastassem as motociatas Brasil adentro, no dia 17, ao chegar no Oriente Méd, Bolsonaro aprontou mais uma – atropelou o português, virando navio ao trocar sua estada por estadia

Mesmo causando espanto com suas viagens, tanto que chegou a ser chamado de palhaço planetário pela revista Carta Capital (“impávido, por onde passa o presidente do Brasil dá vexame com a certeza de agradar”), Bolsonaro agradece a “estadia gratuita” em hotel de luxo no Bahrein Manama, capital do Bahrein, na sua passagem pelo Oriente Médio…  

E o vídeo “estadia” teve como objetivo mostrar o “respeito pelo dinheiro público”, mas, antes, vale apontar sentido (correto) das palavras. Estada: permanência de uma pessoa em um lugar, hotel, pousada, residência. E, ainda sem precisar consultar o dicionário do Aurélio, temos estadia: o tempo de permanência de um navio no porto.  

Sigilo (para esconder gastos)  

Desde 2019, quando Bolsonaro assumiu e impôs o seu desgoverno, não é possível saber detalhes dos gastos de seu cartão corporativo. Alegando segurança, o presidente impôs sigilos aos itens de suas compras. Mas, até o momento, pelo que foi possível apurar, graças às leis de acesso à informação, as despesas com motociatas quase chegavam a 3 milhões de reais. E, no Oriente Médio, uma comitiva de 69 integrantes da atual gestão passeou por Dubai ao custo de, no mínimo, 3,6 milhões de reais.  

E outras travessuras recentes, muito embora menos luxuosas, também consomem altas somas – apesar do sigilo aos itens de suas compras. Isso mesmo: itens de suas compras, aqui e lá fora.  

Quem paga a conta? 
Com certeza não é ele.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Um comentário sobre “Absurdos mais absurdos – é o vale tudo dele

  1. Um verdadeiro ridículo é este senhor, que alguns obtusos ainda chamam de mito. Uma vergonha absoluta para o nosso país . Muito teremos que pagar no futuro por ter sido governado por este ignaro e sua trupe de milicianos. Ainda bem que está acabando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias