2 ago 2021 - 8h00

O que eu preciso para começar a empreender: vender ou ter controle financeiro?

É por meio do controle financeiro que o empresário entende para “onde está indo seu dinheiro”

É muito comum o empresário iniciar um negócio e pensar somente nas vendas. Como vai vender, onde vai vender e quem vai vender, mas normalmente esquece do como vai receber e como vai controlar.

Como assim?

Vamos pensar juntos. De que adianta todo o esforço para preparar o produto ou o serviço, vender e entregar se não receber pelo que entregou?

Algumas perguntas se fazem sempre necessárias no momento da venda:

  • Para quem eu vou vender?
  • Será que essa pessoa vai me pagar?
  • Será que ela tem condições financeiras para me pagar?

Análises e consultas podem ser importantes nesse momento, é dessa forma que você começa a entender quem é o seu cliente e é dessa forma que você diminui o risco de levar um “calote”.

Algumas empresas estipulam que as primeiras vendas devem sempre ser à vista e/ou com pagamento antecipado. Essa é uma prática comum no mercado.

Após a construção de um histórico de pagamentos o cliente pode ganhar um valor de limite de compra baseado nas informações do mercado e de acordo com a forma de recebimento.

De acordo com a forma de recebimento?

Sim. Hoje temos diversas formas de combinar um recebimento, essas formas variam de cartão de crédito ou débito, boleto, depósito, dinheiro ou PIX. Algumas dessas formas nos dão a garantia do recebimento como é o caso do cartão, outras nos dão alternativas de cobrança, como é o caso do boleto que pode ser protestado diretamente pelo banco emissor ou pelo protesto eletrônico, já nas promessas de depósitos ou PIX não temos garantias.

Opte por formas de pagamento mais seguras, levante informações sobre seu cliente e depois feche a venda, acerte a forma de recebimento e assim entregue o produto ou o serviço.

Após efetuar a venda, tenha o controle do que foi vendido e para quem foi vendido.

Faça um pequeno cadastro desse cliente com dados como nome, endereço, telefone, CPF, e-mails. Essas informações são valiosas para criar um banco de dados de clientes e o histórico de compras.

Lance as informações da venda: data da venda, produto vendido, data do vencimento, valor, número da NF.

Faça a conciliação dos valores, certifique-se de que realmente recebeu. Depois de recebido complete com as informações da forma (se dinheiro, cartão, depósito…) e da data de recebimento. Essas informações lhe serão muito úteis para as próximas vendas.

Agora, caso você tenha um comércio em que as vendas sejam no cartão ou no dinheiro tenha um sistema PDV que lhe garanta relatórios das vendas, com dados como data, produto vendido e valor. Alimente corretamente todos os códigos de produtos e registre todas as vendas e também os produtos consumidos por você ou por seus funcionários!

Feche sempre o caixa, confira as vendas no cartão e registre todas as retiradas de dinheiro.

O controle financeiro é importantíssimo para qualquer empresa, seja ela pequena, média ou grande. É por meio desse controle que o empresário entende para “onde está indo seu dinheiro”.

Vendas e finanças devem andar juntas e digo mais: suas metas comerciais devem partir do seu financeiro, afinal o que você vende deve gerar receita suficiente para pagar todas as suas contas e permitir o crescimento do seu negócio.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

3 comentários sobre “O que eu preciso para começar a empreender: vender ou ter controle financeiro?

  1. Excelente colunista 👏
    É muito enraizado em nossa cultura não termos esse análise, provavelmente por não possuir finanças na base de estudos.
    Em tempos tão difíceis de conquistas, manter o equilíbrio, entre outros, é necessário esse tipo de texto. Muito didático, parabéns.

Deixe um comentário

Últimas Notícias