7 ago 2021 - 8h15

A empresa tá ON

Atualmente, em razão da facilidade de acesso às informações, bastam alguns toques dos dedos do consumidor na tela do celular, para saber se a sua empresa atende às reclamações, oferece soluções e se os consumidores voltariam a fazer negócio

Os recursos tecnológicos têm sido utilizados para facilitar a comunicação entre empresa e consumidor. Hoje você pode contratar serviços, efetuar compras de produtos, programar atendimentos, e até fazer consultas médicas através de aplicativos.

Porém, a pandemia intensificou o uso dessas ferramentas, seja para fins comerciais, ou para fins trabalhistas.

O Instagram, por exemplo, tornou-se uma vitrine, em que é possível escolher produtos, contratar viagens, esclarecer dúvidas, e interagir com diversas marcas.

Isso facilita a comunicação, permite o crescimento de empresas, e auxilia no cumprimento das regras de distanciamento social impostas durante a pandemia.

E todas essas ferramentas estão à disposição do consumidor 24 horas por dia, ao alcance das mãos, o que faz com que as responsabilidades dos fornecedores, especialmente em relação à transparência e boa-fé tenham que ser observadas com ainda mais cuidado pela sua empresa.

Pensando nisso, existem três pontos que merecem destaque no cuidado na relação entre loja e cliente e seguem abaixo:

1. Nada de “Quer saber o preço? Chama na DM!”

O consumidor tem direito ao acesso fácil à informação clara e transparente, e por esse motivo, os preços devem ser informados.

Existem aplicativos que facilitam a inserção dessas informações, e permitem que as lojas disponibilizem os dados relativos ao produto juntamente com a imagem ilustrativa.

2. Anunciou um valor promocional? Tem que cumprir!

Os anúncios devem conter especificações do item, data de início e final da promoção, quantos produtos estão disponíveis em estoque, quais os tamanhos, cores, e modelos.

Quando informado um valor promocional, o fornecedor tem que cumprir.

3. Negocie! Consumidores insatisfeitos podem causar uma repercussão negativa na imagem da sua empresa.

Esse é um tema recorrente no atendimento aos empresários, pois lidar com reclamações de clientes é algo delicado, porém necessário.

Atualmente, em razão da facilidade de acesso às informações, bastam alguns toques dos dedos do consumidor na tela do celular, para saber se a sua empresa atende às reclamações, oferece soluções e se os consumidores voltariam a fazer negócio.

Assim, sempre que a sua empresa receber uma reclamação, o ideal é verificar o que ocorreu, e oferecer uma solução para o problema apresentado. Isso preserva a boa imagem da empresa! Afinal, erros podem acontecer, e oferecer uma solução indica a sua boa-fé.

Essas orientações valem para todos os seguimentos de atuação e é importante que você, enquanto empresário, mantenha a transparência, boa-fé, e assim, preserve a imagem da sua empresa.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Assuntos:

Deixe um comentário

Últimas Notícias