29 mar 2022 - 9h00

Formada na Victoria University of Wellington, Jane Campion ganha melhor direção no Oscar 2022

Nova Zelândia está oferecendo 5.000 vagas para alunos internacionais ingressarem em suas instituições de ensino

Quem assistiu ao Oscar domingo (27) à noite viu e ouviu a vencedora de melhor direção em 2022, Jane Campion, iniciar seu agradecimento com “Kia Ora, Kia Ora…”. E, certamente, se perguntou: “o que isso significa?” A expressão em maori, língua oficial da Nova Zelândia, junto com o inglês, é um “oi” ou “olá”, mas que tem muito mais significado do que apenas um cumprimento. É também uma saudação afetuosa e receptiva, desejando a essência da vida. A senhora Campion certamente estava no momento mais propício para tal.

A Nova Zelândia ou Aotearoa, em Maori, é conhecida por ter sido o cenário das trilogias de O Senhor dos Anéis e O Hobbit e por possuir uma beleza estonteante. Além de um país paradisíaco, a Nova Zelândia é também incubadora de talentos e de alta tecnologia. As universidades do país possuem cursos voltados para a área de entretenimento e cinema, produzindo a cada ano uma nova leva de sucessos mundiais e a nova geração de ícones da área.

Jane Campion é graduada pela Victoria University of Wellington, onde se especializou em antropologia, área que tem, ao longo dos anos, estabelecido uma profunda conexão com o cinema. Na Nova Zelândia existem mais de 24 bacharelados voltados para a área de cinema & entretenimento, fotografia e mídia, entre as oito universidades do país. Segundo o QS World Rankings, todas estas universidades neozelandesas encontram-se entre as TOP 2,5% mundial.

Foto: Pexels.

E a Aotearoa, que significa terra da longa nuvem branca, começou a abrir suas fronteiras em meados de março. Alunos brasileiros, que buscam estudar em um país com altíssima qualidade de vida, excelência em educação e oportunidades de trabalho, já podem retomar seus planos de estudos no país.

A Nova Zelândia está oferecendo 5.000 vagas para alunos internacionais ingressarem em suas instituições de ensino. São 1.450 vagas nas universidades, 1.000 vagas para ensino médio, do  9.° ano ao 13.°, 850 vagas para cursos técnicos privados, incluindo treinamento para pilotos, e 1.000 vagas para cursos de inglês.

Segundo dados de uma pesquisa do HSBC (2020), que indica os melhores países para se viver, a Nova Zelândia está em terceiro lugar, atrás apenas da Suíça e de Singapura. Já a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico divulgou, em 2021, que o país está entre os Top 10 de maiores salários mínimos do mundo, pagando aos trabalhadores locais NZD 20 por hora.

E muitos estudantes, inclusive de cursos de inglês, podem se beneficiar dessa remuneração. Os alunos internacionais matriculados em cursos de inglês, com carga horária intensiva de 20h semanais e programas acima de 14 semanas de estudo, podem trabalhar meio período enquanto estiverem estudando.

Já os estudantes em programas de ensino superior – bacharelado, pós-graduação, mestrado e doutorado – podem trabalhar 20h semanais durante o período do curso e 40h semanais no período das férias. Além disso, podem obter até 3 anos de visto de trabalho, em período integral, no país após terminarem seu curso.

Há várias oportunidades de trabalho no país, mas, certamente, uma das mais crescentes, além do segmento de tecnologia, é a indústria cinematográfica, que levou Jane Campion a levar o Oscar.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso vídeo que tenta ligar filho de Lula a Petrobras e a aumento de combustíveis

Diferentemente do afirmado em vídeo, o preço do barril de petróleo não é manipulado por uma empresa internacional que investe na Petrobras. O preço varia, na verdade, com a oferta e demanda do produto no mundo. Além disso, nenhum filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é sócio de empresa investidora da companhia e o presidente Jair Bolsonaro (PL) não instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os acionistas da petroleira. O conteúdo é falso

Projeto Comprova