15 maio 2021 - 9h34

Laerte e uma reunião de suas tirinhas

Selo lança obra com cerca de 300 tiras publicadas entre 2004 e 2015

COMPILAÇÃO

A cartunista Laerte lança em julho, pelo selo Quadrinhos na Cia, Manual do Minotauro, mais de trezentas tiras publicadas entre 2004 e 2015 e reunidas pela primeira vez em livro.

PRIMEIRA FAÍSCA

Annie Ernaux. Foto: divulgação.

A Fósforo, nova casa editorial fundada por Rita Mattar (ex-Companhia das Letras e Três Estrelas), Fernanda Diamant (ex-curadora da FLIP) e Luís Francisco Carvalho Filho, começa a lançar seus títulos a partir deste mês. O primeiro será O Lugar, de Annie Ernaux (tradução de Marília Garcia), e em junho haverá a reedição de Os Anos, da mesma autora. Em agosto a casa solta Kentukis, de Samanta Schweblin (tradução de Livia Deorsola).

EM COMPANHIA ESTRANGEIRA

Luiz Schwarcz. Foto: divulgação.

O recém-lançado O Ar Que Me Falta, de Luiz Schwarcz, fundador da Companhia das Letras, foi vendido para Penguin, nos Estados Unidos, Feltrinelli, na Itália, e Jelenkor, da Hungria.

ECO AINDA ECOA

Umberto Eco. Foto: divulgação.

O Record lança no final desse mês Construir o Inimigo e Outros Escritos Ocasionais, de Umberto Eco (tradução de Eliana Aguiar), uma reunião de ensaios sobre arte e cultura.


Para ir além

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Radiocaos Convescote

Neste episódio os textos e ideias prazerosas de Otto Leopoldo Winck, William Cruzoé Teca, Guilherme Zarvos, Sergio Viralobos, Edilson Del Grossi, Gabriele Gomes, Bernardo Pellegrini, Amarildo Anzolin, Francisco Cardoso de Araujo, Marielle Loyola, Flavio Jacobsen, Maurício Popija, Adriano Samniotto, Leonard Cohen, Wally Salomão, Natalia Barros, Trin London, Daniel Quaranta, Marcelo Brum-Lemos, Michel Melamed, Julio Cortazar, Mauricio Pereira, entre outros não menos alvissareiros.

Redação Plural.jor.br