Os 200 maiores romances da humanidade e o novo CD da Blindagem são atrações do Curitiba de Graça | Jornal Plural
19 jun 2020 - 18h16

Os 200 maiores romances da humanidade e o novo CD da Blindagem são atrações do Curitiba de Graça

Live de Gilberto Gil, reflexão sobre o futuro e nova canção de um compositor local estão entre as opções culturais

Livros que abordam o racismo e convidam ao debate para uma sociedade mais justa e saudável, textos de escritores que propõem a reflexão do mundo após a pandemia e os maiores romances da humanidade estão entre as dicas culturais da coluna de hoje do Curitiba de Graça para o Plural.

Confira:

Pequeno Manual Antirracista

No momento em que em vários locais do mundo ocorrem protestos antirraciais, o Curitiba de Graça separou sugestões de livros sobre o tema. O primeiro é o que ocupa o topo dos mais vendidos no site da Amazon: Pequeno Manual Antirracista, de Djamila Ribeiro.

Em onze capítulos curtos e contundentes, a autora, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro, apresenta caminhos de reflexão para aqueles que queiram aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais e assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas.
Entre outros livros que separamos estão: Racismo Estrutural, de Silvio Almeida e A Democracia da Abolição, de Angela Davis. Também selecionamos obras que foram parar na telona, como A Cor Púrpura, de Alice Walker, que foi dirigido por Steven Spielberg.

Maiores romances da humanidade

O professor de Língua Portuguesa e Literatura Idelber Avelar reuniu os 200 romances mais importantes da literatura mundial, inclusive listando os links dos ebooks ou PDFs dessas obras. Entre eles, clássicos da literatura brasileira, como Dom Casmurro, de Machado de Assis, Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, Perto do Coração Selvagem, de Clarice Lispector.

Para chegar na lista dos 200 maiores romances da literatura ocidental, Idelber Avelar se baseou em alguns critérios: realização estética, influência (legado no cânone) e importância (que pode não ser redutível nem à qualidade nem à influência). Confira detalhes na matéria do jornalista Carlos Bório no www.curitibadegraca.com.br

Gil, no palco virtual

No próximo sábado (20/06), a partir das 20h, a Mastercard Brasil promove uma live especial, com o encontro inédito de Gilberto Gil e Iza, para angariar doações para o movimento Faça parte: comece o que não tem preço. A iniciativa liderada pela empresa doará 2 milhões de refeições para comunidades carentes em combate à fome e à pobreza.

A transmissão será no canal do YouTube da Mastercad Brasil. A live, que terá tradução em libras, conterá um QR Code na tela para que o público possa fazer doações que serão revertidas para a ONG Ação da Cidadania. Cada real doado é um prato de comida para os mais afetados pela pandemia.

E quem adora uma MPB pode prestigiar dois compositores locais: Jazomar Vieira da Rocha tem feito, diariamente, às 17h, uma transmissão ao vivo pelo perfil dele no Facebook. Em cada apresentação, ele homenageia algum grande artista da nossa MPB. É só entrar lá e curtir boa música.

E hoje, sexta-feira, 19/06, às 20h, quem faz live é o cantor e compositor paranaense Troy Rossilho. Ele cantará só músicas autorais como “Vertigem”, que pode ser ouvida aqui: https://www.youtube.com/watch?v=F8AxiHI6Uk8.

Rock Pinhão

A capa leva ilustração do artista Ademir Paixão.

A Banda Blindagem acaba de lançar seu mais novo álbum: o CD Rock Pinhão, com músicas de autores paranaenses, como Nhô Belarmino e Nhá Gabriela; o bicho do Paraná, que faleceu recentemente, João Lopes; Tatara; Lápis; e outros músicos do cenário paranaense.

O CD já está disponível para compra na plataforma digital www.selovirtual.com.br a partir de 15 reais. Os músicos avisam que haverá outras novidades. Dão até pistas que deve ter alguma live em breve. É só aguardar.

Filme inédito a R$ 10

Reprodução do cartaz do filme Piedade.

A estreia hoje, 19, Dia do Cinema Brasileiro, e vai até o dia 29 de junho, a mostra online do Espaço de Cinema Itaú, com 19 filmes inéditos. São produções realizadas entre os anos de 2018 e 2020, sendo 11 nacionais e oito estrangeiras.

Para assistir a um dos títulos disponíveis, é preciso acessar o site www.itaucinemas.com.br e comprar o ingresso virtual a R$ 10 por filme, que ficará disponível online por 48h. Da quantia arrecadada com o Festival de Inéditos, 20% serão destinados à APRO (Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais).

Entre as obras, o brasileiro Piedade, premiado no Festival de Brasília 2019, com  prêmio especial do Júri, melhor ator coadjuvante  para Cauã Reymond e melhor direção de arte, e o documentário norte-americano Alice Guy-Blaché: A História Não Contada da Primeira Cineasta do Mundo, sobre uma pioneira no mundo do cinema que trabalhou no fim do século XIX e que acabou caindo no esquecimento.

Confira a programação completa no Curitiba de Graça.

Ah, mas se você quer mais opções de plataformas de filmes, nossa editora Camile Triska elencou sete sugestões bem bacanas para fugir dos habituais Netflix, Amazon Prime ou Looke. É só procurar lá no Curitiba de Graça.

Gente Leite Quente: A rainha da reciclagem

Efigênia Rolim com seu sorriso peculiar e uma de suas obras.

“Mesmo não tendo nascido em Curitiba, Efigênia Rolim faz parte da cultura da cidade e personagem amada pelos curitibanos. A feira de domingo do Largo da Ordem ostentava mais brilho e cor, quando no emaranhado de pessoas, alguém tinha a sorte de encontrar uma rainha. Não era uma monarca qualquer, com coroa de diamantes e ar sisudo. Era a Rainha do Papel de Bala. Vestida em fantasias criadas por ela, feitas de papeizinhos coloridos que antes embalavam doces, Efigênia Rolim distribuía graça e magia, contando histórias e recitando poemas para quem quisesse ouvir.” Assim, de forma delicada e lúdica, a jornalista Irma Bicalho escreve sobre a notável artista plástica e poeta Efigênia Rolim. A reportagem completa está na sessão Gente Leite Quente.

E para fazer um convite para ler a continuação da reportagem, segue um dos seus poemas:

Eu não sei para onde vou

Nem de onde vim, mas se Deus me convidou

Vou ficar até o fim

Efigênia Rolim.

Pós-pandemia por Bebeti do Amaral Gurgel

Bebeti do Amaral Gurgel. Crédito da foto: acervo da escritora

A escritora curitibana Bebeti do Amaral Gurgel participa do projeto “Pensando o Amanhã”, do Goethe-Institut, que propõe uma reflexão sobre o que vai ocorre no mundo após a pandemia do novo coronavírus.

Artistas de vários países participam deste projeto e a Bebeti é a intelectual que representa o Brasil nesta reflexão global.

O texto, em forma de depoimento quase como um conto, já está disponível no portal do Goethe-Institut: https://www.goethe.de/en/kul/ges/eu2/pco.html.

Curitiba na Lente – Adriane Schmidt Borgia

Crédito da foto: Adriane Schmidt Borgia

Os detalhes das paisagens – do urbano ao rural – ganham uma delicadeza singular nos cliques da jornalista e fotógrafa Adriane Schmidt Borgia.

Crédito da foto: Adriane Schmidt Borgia

Confira o ensaio completo em www.curitibadegraca.com.br, em colunistas Curitiba na Lente.

Se você é fotógrafo e quer participar da coluna, basta entrar em contato pelo: [email protected]

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias