Confira 8 dicas virtuais de cultura para curtir na semana | Jornal Plural
9 out 2020 - 20h05

Confira 8 dicas virtuais de cultura para curtir na semana

Veja também duas opções para ir pessoalmente

A pandemia da Covid-19 ainda não acabou, então, convém permanecer se divertindo no sofá de casa. Se não é o melhor, ao menos é o mais seguro para a  saúde. Mas, para quem já está se arriscando, selecionamos duas opções para conferir pessoalmente.

Para deixar o feriadão e a próxima semana mais animados, confira as dez atrações que selecionamos para os leitores do Plural.

A voz da periferia

Ensaio do 3×4 – Espetáculo Retrato Social Brasileiro, que será apresentado virtualmente. Crédito da foto: Sergio Roberto.

Como é a vida de jovens na periferia? Esse é o tema de 3×4 – Espetáculo Retrato Social Brasileiro, criado pelo Trupe Periferia, que será apresentado gratuitamente no próximo sábado (10), às 20h, pela 3.ª Mostra MOVE de Teatro. A transmissão é pelo YouTube do Espaço Obragem, realizador do festival. O espetáculo foi escrito por jovens poetas de Curitiba, Araucária, Mandirituba e Ponta Grossa sobre suas vivências em questões como preconceito, falta de oportunidades, sonho, luta e inclusão.

O elenco de 3×4 – Espetáculo Retrato Social Brasileiro é formado por Naju MC (Boqueirão), Serginho Smith (CIC), Handal (Sítio Cercado), ZAGO (Uberaba), Mika MC (Boqueirão), Bini (Pinheirinho), Poeta Diva Ganjah (Araucária), Felipe o Poeta (Ponta Grossa), Mary Jane (CIC), e Felipe Maculan (Mandirituba). Entre eles, um jovem em situação de acolhimento (que vivenciam situações de risco pessoal e social e são abrigados em casas-lares), autorizado pelo juizado a participar, pois a arte é considerada ferramenta de protagonismo, pertencimento e autonomia.

Zuza Homem de Jazz

Zuza Homem de Mello, que era especialista em história da música popular brasileira, faleceu no dia 4 de outubro, vítima de um infarto.Crédito da foto: Cecilia Bastos/USP Imagens.

O documentário Zuza Homem do Jazz, sobre o musicólogo Zuza Homem de Mello, especialista na história da música popular brasileira e um dos pioneiros do jornalismo musical, que faleceu no dia 4 de outubro, é um dos destaques desta semana entre as exibições gratuitas da sala virtual Cine Vitória no Cine Passeio. Segue o link para assistir: http://www.cinepasseio.org/programacao/filme/zuza-homem-de-jazz/4

Confira as outras atrações em: www.cinepasseio.org.

Cabaret Macchina

No espetáculo, os personagens vão às ruas de Curitiba em busca dos restos de um herói. Crédito da foto: divulgação.

Para mostrar ao público como é processo de criação de um espetáculo, a Selvática Ações Artísticas produziu um webdocumentário de cinco episódios que apresenta os bastidores do Cabaret Macchina, uma de suas principais peças, que já integrou a Mostra Oficial do Festival de Curitiba, além de curtas temporadas na Reitoria da UFPR, no Museu de Arte Municipal de Curitiba (MuMA) e em Ruas da Cidadania.

O quarto episódio do webdocumentário será divulgado nesta próxima terça (13), a partir das 20h, no https://www.youtube.com/user/selvaticx. Os primeiros episódios também estão disponíveis no canal e o último será divulgado no próximo mês, ainda sem data definida. Nesse novo vídeo será apresentada como foram criados núcleos e formatos de organização artística do espetáculo.

O Cabaret Macchina apresenta uma releitura de Hamlet como um ideal envolto em fracassos e a incompletude de um herói. Na peça, Hamlet é mulher negra, Ophelia é mulher trans e Medeia mulher-máquina.

Festival de Inverno na Primavera

Seis Tentativas em Vida, da Cia de Teatro da UFPR, é um dos espetáculos da programação virtual. Crédito da foto: divulgação.

Neste ano, devido à pandemia, a 30.ª edição do Festival de Inverno da UFPR, que acontece tradicionalmente em julho, precisou ser adiada e acontecerá em duas fases: uma ainda este ano, de forma virtual, entre os dias 13 e 17 de outubro, e a outra de forma presencial em 2021 na cidade de Antonina, como sempre acontece, ainda sem data definida.

O festival online terá exposições virtuais, espetáculos teatrais, shows, exposições, lançamentos de livro, contação de história, vídeos didáticos para ensinar jogos e brincadeiras, live sobre cicloturismo e Mata Atlântica, atividades paralelas de difusão cultural, além de um resgate histórico, revelando memórias, apresentando depoimentos de artistas e profissionais que já estiveram no evento. A programação completa você encontra lá em nosso site.

Casas Novas Não Têm Fantasmas

O artista londrinense Chico Santos desenvolveu a exposição a partir de uma série de atividades desenvolvidas antes da pandemia em quatro municípios do Paraná. Crédito da foto: divulgação.

A importância da proteção ao meio ambiente e as lendas paranaenses transformadas em arte. Assim é a exposição virtual Casas Novas Não Têm Fantasmas, do artista plástico londrinense Chico Santos. Programada inicialmente para acontecer em ambientes naturais, abertos ao público, a mostra precisou migrar para o ambiente virtual por causa da pandemia do novo coronavírus. Com isso, as obras poderão ser vistas, gratuitamente, no site www.artenomato.com.

A exposição virtual leva o espectador a conhecer os mitos e lendas criados por Chico Santos a partir de suas inquietações a respeito das relações do homem com a natureza. As obras apresentadas foram concebidas originalmente no projeto “Mitos Paranaenses”, em que Santos cria uma série de lendas e “causos” a partir de histórias verídicas para reforçar a urgência de se preservar o meio ambiente.

A galeria virtual reúne uma série de oito vídeos, apresentada pela professora de artes, Suellen Stanislau, que mostram as obras do artista, feitas em madeira reciclada, terra cota, fios de algodão, entre outros materiais. O primeiro episódio da série é o “Arte no Mato”, que traz uma espécie de guia que conduzirá o espectador pelas obras apresentadas nos episódios seguintes

Criaturas

Banda Criaturas traz vários ritmos no seu mais novo trabalho. Crédito da foto: divulgação.

A banda Criaturas acaba de lançar seu mais novo disco Vestígios, com músicas que vão do soft rock a uma valsa que se transforma em psicodelia no decorrer de suas cinco faixas, passando por uma inusitada releitura de uma canção tradicional do folk nigeriano, com versos em iorubá. O disco ainda tem um “lado B” com todas as músicas em versões instrumentais. Confira as outras dicas do colunista Flavio Jayme, do Pausa Dramática, aqui.

#CulturapeloBrasil: Poesia de Quinta

Para o escritor A.T. Sérgio, a poesia está em tudo, inclusive, no suspense e no terror. Crédito da imagem: reprodução do Instagram.

O que a literatura de suspense e terror tem a ver com a poesia? Segundo o escritor pernambucano A.T. Sergio, tudo! O romancista, organizador e participante de antologias nos gêneros terror, suspense, mistério e policial promove todas as quintas, em seu perfil do Instagram, a live “Poesia de Quinta”, onde recita poemas de autores nacionais consagrados, algumas próprias e outras de colegas que se aventuram na arte da “poetizar”.

Para conhecer o “Poesia de Quinta”, acesse: https://www.instagram.com/alextavsergio/

Parque Vila Velha

Tirolesa tem 200 metros de sobrevoo sobre uma das cavernas verticais mais profundas do Paraná. Crédito da foto: Franklin de Freitas.

A partir do dia 10 de outubro, o Parque Vila Velha, localizado em Ponta Grossa, oferece novas atrações: voo cativo em balão estacionário, circuito de arvorismo com em um bosque de araucárias, tirolesa de 200 metros de extensão, além da revitalização do circuito de Cicloturismo.

O arvorismo possui 120 metros de extensão e dez desafios. São 30 minutos de aventura entre as copas das árvores que oferece visões únicas da árvore símbolo do Paraná. A tirolesa atravessa os 200 metros de vão livre entre as duas extremidades mais distantes da Furnas 2. Numa velocidade de 50 km/h, o visitante sobrevoa uma das cavernas verticais mais profundas do estado. Durante o “voo”, o visitante ainda pode ser surpreendido pela companhia de Andorinhões de Coleira Falha e outras aves que habitam a região.

O horário de funcionamento do parque é das 9h às 16h, de quarta a segunda, sendo que para fazer o passeio completo o visitante precisa chegar até 15h. Nas terças, o local é fechado para manutenção. O endereço é BR-376, km 515 – Jardim Vila Velha, em Ponta Grossa (PR). Mais informações e telefones de contato estão disponíveis no site parquevilavelha.com.br.

Os ingressos para entrada no parque estão com promoção de meia-entrada para todos os brasileiros, por R$ 42. Moradores de Ponta Grossa pagam R$ 28 mediante apresentação de título de eleitor ou comprovante de residência, e estrangeiros, R$ 84. As novas atrações têm custos à parte. Confira mais detalhes em: https://curitibadegraca.com.br/arvorismo-tirolesa-balonismo-e-cicloturismo-sao-as-novas-atracoes-do-parque-vila-velha/

Um pouco de tropicalismo

A exposição de Kalissa Pequito é por tempo inteterminado. Crédito da foto: divulgação.

A exposição Mar de Cores, da artista curitibana Kalissa Pequito, está em cartaz na Galeria Gourmet do ParkShoppingBarigüi por tempo indeterminado. Kalissa reúne na exposição nove pinturas inéditas, que foram inspiradas nos movimentos Tropicalista e Pop Art. A Galeria Gourmet fica no piso G5, do Park Gourmet no ParkShopping Barigui, na Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 600 – Mossunguê.

Educação em cheque

Camila Prado. Crédito da foto: acervo pessoal.

No dia do professor, 15 de outubro, às 20h, o coletivo Movimento Gota D’Água Ação e Resistência, debate a educação em seu canal no Instagram. Com o título “Dá zero pra ele! O massacre da educação em governo de mal educados”, a jornalista Thea Tavares recebe Camila Prado, professora de Filosofia da Universidade Federal do Cariri (Ceará), doutora em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais e pós-doutora pela Universidade de Buenos Aires. Acompanhe em: https://www.instagram.com/movimentogotadagua/


Para outras dicas de cultura e entretenimento, acesse: www.curitibadegraca.com.br

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias