Último senador do Paraná adere à CPI da "Lava Toga" | Jornal Plural
Clube Kotter
19 mar 2019 - 10h17

Último senador do Paraná adere à CPI da “Lava Toga”

Os senadores Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães, ambos do Podemos, já haviam assinado o requerimento

O senador Flávio Arns (Rede) anunciou que também assinará o requerimento de criação da CPI da “Lava Toga”. A comissão, caso seja instalada, investigará possíveis irregularidades nas atividades dos tribunais superiores brasileiros.

Com isso, a CPI, que já tem número de assinaturas suficientes para ser instalada, tem apoio dos três senadores paranaenses. Antes de Arns, os senadores Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães, ambos do Podemos, já haviam assinado o requerimento.

Veja abaixo a nota que Flávio Arns enviou à imprensa, explicando seu posicionamento.

Nota de Esclarecimento

Estou assinando o requerimento para a criação da CPI da Lava Toga no Senado Federal.

Minha decisão foi motivada pelo grande sentimento de frustração vivenciado pela sociedade brasileira nos últimos dias, principalmente diante do risco de retrocesso em relação à Operação Lava Jato.

Em que pese o impeditivo constitucional de uma CPI investigar o STF, essa será uma oportunidade importante para que possamos debater as competências e relações entre os poderes e a transparência de suas atividades.

Todos clamamos pelo fim da corrupção e das impunidades. Neste sentido, me coloco a favor de uma discussão justa e que leve a resultados concretos para o avanço do nosso País.

Reitero o que tenho dito: a preocupação de todos os brasileiros é a minha: fiscalizar, investigar e punir quem o mereça. É um processo complexo, mas confio que nossas instituições devam estar convergentes aos anseios da população brasileira.

Flávio Arns

Últimas Notícias