TJ suspende convocação suspeita da CPI das ONGs | Jornal Plural
2 mar 2020 - 11h04

TJ suspende convocação suspeita da CPI das ONGs

Diretor de ONG que fiscaliza deputados foi convocado aparentemente sem motivo

O Tribunal de Justiça concedeu uma liminar para adiar um depoimento pra lá de estranho marcado na CPI das ONGs, da Assembleia Legislativa. O convocado para depor era o responsável por uma ONG que fiscaliza a verba de ressarcimento dos deputados.

Sir Carvalho foi intimado pelo presidente da CPI, o deputado Missionário Ricardo Arruda (PSL), e teria de comparecer paras prestar depoimento nesta terça (3). Não ficava claro se deporia como testemunha ou como investigado.

O desembargador Rabello Filho concordou com a defesa, que afirma que a CPI não tem objeto definido (o que é obrigatório, segundo o regimento da Assembleia), e que supostamente investiga o recebimento de dinheiro público por ONGs.

Como a ONG Vigilantes da Gestão Pública, presidida por Sir Carvalho, não recebe verba pública, funcionando por meio de doações em vaquinhas virtuais, fica parecendo que a convocação é meramente uma vingancinha pessoal dos deputados fiscalizados.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias