Requião desistiu de ir à posse de Maduro na última hora | Jornal Plural
13 jan 2019 - 0h00

Requião desistiu de ir à posse de Maduro na última hora

O senador Roberto Requião (MDB-PR) por pouco não foi também à posse de Nicolás Maduro na Venezuela. Estava com tudo preparado, mas diz que desistiu…

O senador Roberto Requião (MDB-PR) por pouco não foi também à posse de Nicolás Maduro na Venezuela. Estava com tudo preparado, mas diz que desistiu de última hora. Maduro assumiu seu segundo mandato na semana passada, em meio a grave crise e pesadas críticas internacionais.

Segundo Requião, a desistência não se deu por nenhum fator político, mas meramente pelo preço da passagem e pelo fato de ele já ter compromissos anteriores que teriam de ser desmarcados.

Sem Requião, quem acabou sendo o alvo da fúria contra a esquerda que apoia o bolivarianismo foi a também paranaense Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, que compareceu à cerimônia.

Para o senador, Maduro está longe de ser um bom governante – mas já que foi eleito, cabe ao Brasil respeitar a decisão dos eleitores.

Requião era fã, isso sim, de Hugo Chávez (foto), que considerava praticamente um irmão. Os dois se visitavam e gostavam de conversar. Maduro, para ele, não está à altura do coronel.

Últimas Notícias