Ratinho usa R$ 60 milhões do fundo contra a pobreza para pagar advogados | Jornal Plural
2 abr 2020 - 12h32

Ratinho usa R$ 60 milhões do fundo contra a pobreza para pagar advogados

Embora muita gente não tenha renda neste momento, verba irá parar no bolso de advogados

Enquanto todo mundo presta atenção à crise do coronavírus, a Assembleia Legislativa do Paraná tem aprovado uma série de projetos polêmicos. Um deles retira R$ 60 milhões do Fundo Estadual de Combate à Pobreza para pagar advogados.

O dinheiro servirá para cobrir os serviços de advogados dativos, que na falta de defensores públicos assumem a defesa de pessoas de baixa renda. Segundo a OAB, mais de 23 mil advogados fazem hoje esse trabalho eventualmente no Paraná.

A Ordem comemorou a aprovação na Assembleia. Como a proposta partiu do próprio governo, a sanção de Ratinho Jr. (PSD) também parece certa. mas fica a dúvida: num momento de crise em que muita gente está sem ter nem como garantir o básico, será que o dinheiro para combate à pobreza devia ir parar no bolso de advogados?

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias