Ratinho Jr. pede que Ney Leprevost desista de candidatura | Jornal Plural
6 mar 2020 - 6h28

Ratinho Jr. pede que Ney Leprevost desista de candidatura

Secretário, visto como principal opositor de Rafael Greca, afirma que se mantém na disputa pela prefeitura de Curitiba

O governador Ratinho Jr. (PSD) pediu a Ney Leprevost (PSD) que desista da ideia de ser candidato a prefeito de Curitiba e permaneça como secretário de estado. Hoje, Leprevost é responsável pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho.

Na conversa que teve com Ney, Ratinho disse que não sabia onde poderia encontrar alguém que tocasse tão bem a secretaria, e que gostaria de poder continuar poder contando com o trabalho de Leprevost no governo.

No entanto, fica evidente que a ideia do governador é simplificar sua vida, eliminando candidatos de seu grupo à prefeitura. Ratinho enfrenta hoje a saia justa de ser aliado do prefeito Rafael Greca (DEM) e de ser ligado a pelo menos dois candidatos importantes à sua sucessão – Leprevost e o Delegado Francischini (PSL).

Leprevost já deixou claro, no entanto, que não desiste da campanha e que será candidato com ou sem o apoio do governador, que também é seu correligionário. A legenda lhe foi garantida pelo presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab.

Recentemente, Leprevost já havia dito que imaginava Ratinho neutro no primeiro turno, passando a apoiá-lo apenas no possível segundo turno contra Rafael Greca ou contra Roberto Requião (MDB), possibilidade que Ney diz achar mais provável.

Afastamento

Caso decida de fato ser candidato, Leprevost terá de deixar a secretaria ainda neste mês. Ratinho baixou ordem para que todos os candidatos saiam dos cargos em seu governo em março, embora a legislação eleitoral só exija a desincompatibilização em junho.

A medida foi vista como um gesto contra a campanha de Leprevost, que terá de reassumir como deputado federal e passar três dias por semana em Brasília, além de perder todos os cargos comissionados a que tem direito no governo – centenas, uma vez que a secretaria abrange três áreas importantes.

Aliados a Greca dizem que foi a primeira grande derrota de Ney na campanha, e comemoram a aproximação com Ratinho, considerada decisiva para a vitória da reeleição do prefeito.

Em conversa com o Caixa Zero, o chefe da Casa Civil, Guto Silva (PSD), negou que a medida tenha a ver com Leprevost. “Não queremos antecipar e trazer pauta eleitoral para pauta de governo – este é o objetivo”, afirmou.

Além de Leprevost, devem ser candidatos nomes de segundo escalão como Jonny Stica, Luiz Felipe Braga Cortes, Hélio Wirbiski e Felipe Mansur.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias