PT de Curitiba terá convenção tensa nesta segunda | Jornal Plural
14 set 2020 - 10h19

PT de Curitiba terá convenção tensa nesta segunda

Partido está dividido entre apoiar Goura ou manter candidatura própria

A convenção do PT curitibano tinha tudo para ser uma mera formalidade. Paulo Opuszka, da UFPR, já havia sido escolhido como candidato, derrotando Tadeu Veneri. Até vice a chapa já tinha. Agora, tudo mudou.

Nesta segunda-feira, às 19h, o partido se reúne tendo de discutir tudo de novo. A troca de Gustavo Fruet por Goura no PDT e o fortalecimento de Rafael Greca levaram parte dos petistas a pensar em novos planos.

Por um lado, há quem defenda uma aliança em torno de Goura: se a direita fez uma frente ampla, seria hora de a esquerda se unir também. Para isso, o partido poderia inclusive abrir mão da cabeça de chapa (e, alguns dizem, inclusive da vice).

Por outro, há quem acredite que o partido precisa do tempo de tevê e da campanha para se reconstruir, e que não é hora de abrir mão da candidatura. Este lado chegou inclusive a cogitar a troca de candidato, pedindo que Tadeu Veneri volte à disputa.

A convenção petista não só definirá os rumos do partido como também poderá influenciar os caminhos de outros partidos menores de esquerda, que podem ou não fechar acordos com Goura.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias