Projeto que extingue cobradores de ônibus está na CCJ e pode ser votado em breve | Jornal Plural
Clube Kotter
25 fev 2019 - 0h00

Projeto que extingue cobradores de ônibus está na CCJ e pode ser votado em breve

O projeto que extingue cobradores de ônibus e prevê a instalação de um sistema de bilhetagem eletrônica em todo o transporte coletivo de Curitiba está…

O projeto que extingue cobradores de ônibus e prevê a instalação de um sistema de bilhetagem eletrônica em todo o transporte coletivo de Curitiba está parado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal. Para avançar, depende de parecer do líder do prefeito Greca no legislativo, Pier Petruzziello (PTB).

Com o aumento da passagem de ônibus sendo oficializado, as atenções se voltam para esse projeto que chegou a Câmara em outubro no ano passado. Não há uma previsão sobre quando ele será votado, mas a prefeitura ainda quer aprová-lo nesse ano.

Entre os argumentos está o fato de que 60% dos usuários do transporte coletivo utilizam o cartão. E que o sistema com bilhetagem deixaria os ônibus mais seguros. A proposta é considerada pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba (Sindimoc) como uma medida absurda, descabida e de grande impacto social.

As despesas com pessoal são o maior custo na planilha do transporte, porém, a extinção de cobradores, apenas estabiliza o preço da passagem de ônibus e não a torna mais barata.

Os projetos sobre a implantação da bilhetagem eletrônica e a extinção de cobradores ainda devem passar por outras comissões antes de ir à plenário. Lembrando que o parecer da CCJ pode tanto excluir quanto incluir comissões no trâmite legal do processo.

Últimas Notícias