Programa Escola sem Partido será votado em Ponta Grossa | Jornal Plural
18 set 2019 - 23h33

Programa Escola sem Partido será votado em Ponta Grossa

Agpra proposta é retomada nas câmaras municipais…

Se você acha que a derrota do Escola sem Partido na Assembleia do Paraná significou o fim da histéria, pense de novo. Além do projeto nacional, ainda há as cópias da ideia que circulam nos municípios.

Em Ponta Grossa, por exemplo, tramita projeto de lei para a instituição do Escola sem Partido na rede municipal de ensino. A proposição, semelhante à rejeitada pela Assembleia, já teve pareceres favoráveis das comissões internas, mas ainda pode sofrer alterações, caso a proposta em âmbito nacional seja modificada.

Vinícius Camargo (PMDB), autor da proposta, justifica a proposição pela necessidade de “adotar medidas eficazes para prevenir a prática da doutrinação política e ideológica nas escolas”, já que é “fato notório que professores e autores de livros didáticos vêm se utilizando de suas aulas e obras para tentar obter a adesão de estudantes a determinadas correntes políticas e ideológicas e para fazer com que eles adotem padrões de julgamento e de conduta moral – especialmente moral sexual – “incompatíveis com o que lhes são ensinados por seus pais ou responsáveis.”

Otimista, o vereador acredita que a rejeição do projeto em primeiro turno no âmbito estadual não irá interferir na tramitação municipal.

Últimas Notícias