Governo Ratinho tenta criar 45 cargos por meio de "jabuti" | Plural
21 ago 2019 - 23h45

Governo Ratinho tenta criar 45 cargos por meio de “jabuti”

A oposição ao governo Ratinho Jr. (PSD) na Assembleia Legislativa está denunciando a existência de um “jabuti” em um projeto de lei enviado pela Casa…

A oposição ao governo Ratinho Jr. (PSD) na Assembleia Legislativa está denunciando a existência de um “jabuti” em um projeto de lei enviado pela Casa Civil. No meio de uma proposta sobre agricultura, enfiaram a criação de cargos que nada tinham ver com isso.

O projeto em questão é o PL 594/19, que incorpora a Emater, o Centro de Referência em Agroecologia (CPRA) e a Codapar ao Iapar, unificando as estruturas e criando o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná. Lá no meio, do nada, há um artigo que cria 45 cargos para a estrutura da Casa Civil de Ratinho.

“O PL informa que o aumento dos gastos com pessoal relativo ao Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná será de R$ 794 mil ao ano, mas não apresenta o impacto financeiro relativo à criação das 45 funções de gestão pública na Casa Civil. Porém, ao contabilizar as quantidades e valores de cada função, é possível identificar que os gastos serão de R$ 3,4 milhões ao ano”, disse o líder da oposição, Tadeu Veneri (PT).

“Se não for retirado o artigo 12, não há como este projeto ser aprovado na Assembleia”, afirmou o petista.

Para o governo, a questão é contornável. “Vou me debruçar sobre o projeto. Parece que é apenas uma questão de adequação, mas primeiro vou falar com a Casa Civil sobre o tema”, afirmou o líder de Ratinho na Assembleia, Hussei Bakri (PSD).

Últimas Notícias