Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão para entender mortes e incêndio em vila | Jornal Plural
18 jan 2019 - 0h00

Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão para entender mortes e incêndio em vila

Quarenta dias depois de um grande incêndio que devastou a ocupação 29 de março, na Cidade Industrial de Curitiba, o Gaeco, grupo do Ministério Público…

Quarenta dias depois de um grande incêndio que devastou a ocupação 29 de março, na Cidade Industrial de Curitiba, o Gaeco, grupo do Ministério Público especializado em investigações criminais, cumpriu dez mandados de prisão para investigar o que de fato aconteceu na região.

Os mandados foram cumpridos em quatro cidades pela manhã: Curitiba, Campo Largo, Guaratuba e Piraquara. Os promotores tentam entender o assassinato de um policial, no dia 7 de dezembro – um dia antes do incêndio – e a possível relação disso com o incêndio e outras duas mortes ocorridas no dia 8.

A Polícia Militar investiga o possível envolvimento de policiais em transgressões de natureza militar.

Confira os áudios do procurador de Justiça e coordenador estadual do Gaeco, Leonir Batisti, sobre a operação.

Últimas Notícias