Fabiane Rosa é expulsa do PSD após denúncia de rachadinha | Jornal Plural
Clube Kotter
10 set 2020 - 21h02

Fabiane Rosa é expulsa do PSD após denúncia de rachadinha

A vereadora está automaticamente impedida de disputar a reeleição

A vereadora Fabiane Rosa foi expulsa nesta quinta-feira (10) de seu partido, o PSD. A decisão pela expulsão foi unânime. Com isso, a vereadora está automaticamente fora da eleição deste ano, uma vez que não há mais tempo para trocar de legenda.

Fabiane, eleita como defensora da causa animal, foi pega em áudios e vídeos pedindo que funcionárias de seu gabinete devolvessem parte dos salários – a prática da famosa “rachadinha”. Fabiane chegou a ser presa, mas está em prisão domiciliar no momento.

A vereadora também está afastada do cargo por ter supostamente entrado em contato com uma testemunha de seu caso. Não está descartada a hipótese de ela voltar a ser presa. O que a tirou da cadeia foi o fato de ter um filho pequeno.

Curiosamente, a outra vereadora que defende a causa animal como principal bandeira, Kátia Diettrich (SD), também foi acusada de rachadinha. No entanto, acabou recebendo uma punição branda dos colegas de Câmara e pode se candidatar à reeleição.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias