Câmara pede que Greca explique ambulâncias de chefe de gabinete | Jornal Plural
Clube Kotter
19 fev 2019 - 0h00

Câmara pede que Greca explique ambulâncias de chefe de gabinete

Um grupo de vereadores de Curitiba apresentará nesta terça um pedido de informações à prefeitura pedindo esclarecimentos sobre os contratos que a família do chefe…

Um grupo de vereadores de Curitiba apresentará nesta terça um pedido de informações à prefeitura pedindo esclarecimentos sobre os contratos que a família do chefe de Gabinete de Rafael Greca (PMN), João Alfredo Costa.

O Plural revelou na última sexta que a esposa e a irmã de João Alfredo são proprietárias da Plus Santé, empresa de ambulâncias que mantém contratos com pelo menos duas instituições ligadas ao município.

No ICS, o contrato vem de uma licitação de 2013, e foi renovado duas vezes durante a atual gestão. No Edifício Delta, que é majoritariamente ocupado por órgãos municipais, a Plus Santé substituiu a Ecco-Salva recentemente.

A prefeitura nega quaisquer irregularidades. Em nota enviada ao Plural, diz que o contrato com o ICS foi prorrogado pelo tanto de vezes previsto em lei e mais uma prorrogação excepcional que, prevê-se, durará apenas quatro meses. Depois, assumirá a vencedora da nova licitação.

Quanto ao Delta, a prefeitura diz se tratar de “uma pessoa jurídica privada e administrado de forma independente”.

Os vereadores desejam saber detalhes dos contratos, inclusive valores pagos pela prefeitura às empresas da família.

Errata

A Ecco-Salva informou nesta segunda que, ao contrário do que disse o Plural, jamais procurou o Ministério Público para se queixar de ter substituída pela Plus Santé na prestação de Serviços ao Edifício Delta.

Últimas Notícias