Alep quebra própria regra de acesso restrito ao Legislativo | Jornal Plural
24 jun 2020 - 22h50

Alep quebra própria regra de acesso restrito ao Legislativo

Medida tenta conter o avanço do coronavírus dentro da Assembleia Legislativa do Paraná

Apenas um dia depois da Mesa Executiva da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) restringir o acesso de pessoas ao Legislativo, os deputados estaduais abriram uma “exceção” a essa regra. Na tentativa de conter a contaminação por coronavírus, a Casa oficializou uma série de medidas de restrição na semana passada. Todas elas entraram em vigor nesta segunda-feira (22). No entanto, já na terça-feira (23) houve o registro de deputados e assessores circulando pelos gabinetes.

Segundo o primeiro-secretário da Alep, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), os parlamentares precisavam fazer protocolos de pedidos de ressarcimento das atividades do mandato. Esse sistema, chamado de ‘Infoalep’, não pode ser acessado externamente por questão de segurança bancária dos parlamentares. “Todos os deputados e deputadas têm colaborado com o nosso esforço”, destaca Romanelli.

Entre as restrições da Alep estão: o acesso restrito a deputados, servidores, funcionários terceirizados e imprensa; restrição de apenas um servidor por gabinete e nas lideranças do governo e da oposição.

Nos setores administrativos, a previsão é de que a presença dos servidores será reduzida em, pelo menos, 70%, priorizando o trabalho presencial daqueles que desempenham atividades essenciais. Os servidores lotados nas comissões, blocos e lideranças deverão permanecer, em sua totalidade, em regime de teletrabalho.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias