fbpx

Carta mostra bombeiros do Paraná tendo que racionar água mineral

Compartilhe

O estoque de água de bombeiros e policiais que trabalham na Operação Verão pode estar chegando ao fim. A informação é de um documento assinado no último dia 5 pelo Subcomandante do 8º Grupamento de Bombeiros em Paranaguá. Segundo nota oficial, o problema já teria sido resolvido.

A carta obtida pelo Plural destaca a necessidade de os militares economizarem toda a água mineral que está disponível; afinal, 70% do estoque previsto na operação já foi consumido e não há previsão de reposição. Com o forte calor, o consumo de água aumentou nos aquartelamentos e em todas as localidades.

Assim, o 8º GB determinou que todos os funcionários internos das Brigadas Militares devem fazer o uso somente de água da Sanepar ou de bebedouros. Cada guarda-vida receberá uma garrafa de água pela manhã e duas à tarde.

Esse “racionamento”, segundo o documento, iria durar de segunda a sexta-feira até o feriado do carnaval, no dia 5 de março.

Em nota enviada ao Plural os bombeiros dizem que o problema já foi resolvido: “O corpo de Bombeiros do Paraná informa que o memorando emitido tinha como objetivo prevenir a falta de água potável aos Guarda-Vidas até a chegada de nova remessa. No entanto, o problema já foi solucionado com apoio da Sanepar.”