fbpx
destaque Notícias da Política no Paraná | Poder

Veja o que dá para comprar com reajuste oferecido por Ratinho

Escrito por Rogerio Galindo
Compartilhe

Colaborou Rafaela Moura

Há quem diga que os servidores públicos estão reclamando de barriga cheia da generosa proposta feita pelo governo Ratinho Jr. (PSD). O 0,5% de reajuste imediato dá para fazer muita coisa, sim. Certo: será preciso abrir mão da licença-prêmio, um direito histórico, mas veja o que o reajuste permitirá que policiais, professores, enfermeiras etc comprem assim que se renderem às evidências e fecharem o acordo com o governo.

Salário de R$ 4 mil (reajuste de R$ 20)

Um McLanche feliz
Uma diária de estacionamento
Um bloco de estar
Uma assinatura do Plural (e ainda sobram R$ 5 pro cafezinho)
Um chope artesanal
Meio rodízio
Um azeite de oliva
Cinco corotes (aí sim!)
Meio quilo de picanha (dureza, mas dá pra passar o mês com 6kg de sambiquira)
1/7 do passeio de trem pra Morretes (se economizar por sete meses, rola!)
Uma recarga mínima de celular
Consiga mais R$ 1,90 no sinaleiro e poderá assinar o Netflix
1 quentão e um pastel na feirinha da Osório
Mas se preferir economizar, coloque na poupança e seus R$20 reais viram R$20,07 no final do mês! #bomnegocio

Salário de R$ 3 mil (reajuste de R$ 15)

Doze rolos de papel higiênico
Meio corte de cabelo
Três passagens de ônibus
Duas carteiras de cigarro
Vinte minutos de patinete elétrico
2 quilos de feijão (aí sim!)

Salário de R$ 2 mil (reajuste de R$ 10)

 

Nove fraldas da Turma da Mônica em promoção na Americanas
Duas coxinhas
Duas gorjetas
Uma Tele Sena (a esperança é a última que morre)
Uma barra de calças
Meio litro de cola para fazer slime
Dois litros de gasolina (dá para andar 20 quilômetros)
Um cachorro quente

O jornalismo preciso, sério e de qualidade do Plural só é possível graças ao apoio de nossos assinantes. Todos os dias publicamos uma média de 23 reportagens, colunas, crônicas, análises, charges, tirinhas, literatura e muito mais. Nada disso é de graça, mas está disponível porque há quem invista em informação plural de qualidade. Apoie essa ideia. Assine o jornalismo do Plural.

Sobre o autor

Rogerio Galindo

Rogerio W. Galindo é jornalista e tradutor. Responsável pelo blog Caixa Zero, é um dos profissionais que criaram o Plural.jor.br

Deixe seu comentário