fbpx
destaque Notícias da Política no Paraná | Poder

Não chamem os vereadores de vendidos

Rogérgio Campos: vereador não quer ser chamado de vendido. Não o chamem de vendido.
Escrito por Rogerio Galindo
Compartilhe

O vereador Rogério Campos (PSD) conseguiu uma medida judicial contra os sindicatos do funcionalismo de Curitiba. O objetivo foi proibir uma campanha que Sismuc e Sismmac faziam nas redes sociais chamando de vendidos os vereadores que votam contra os interesses dos trabalhadores do município.

Rogério Campos, que era um dos tais “vendidos”, diz que votou com a sua consciência, e que não se vendeu. Isso, por exemplo, nas propostas de terceirização, contratação de PSS e outras que precarizam a situação dos trabalhadores.

Portanto, nada de chamar os vereadores de vendidos. Eles não gostam e se incomodam com isso, ok? Fica a dica.

Sobre o autor

Rogerio Galindo

Rogerio W. Galindo é jornalista e tradutor. Responsável pelo blog Caixa Zero, é um dos profissionais que criaram o Plural.jor.br

Deixe seu comentário