fbpx
destaque Notícias de Curitiba | Vizinhança

Curitiba deve ter protesto de grevistas ainda maior nesta terça

Foto: Giorgia Prates/Plural
Escrito por Rogerio Galindo
Compartilhe

Os funcionários públicos paranaenses das diversas categorias que estão em greve fazem nesta terça-feira um novo protesto no Centro Cívico de Curitiba. Segundo os organizadores, a ideia é ultrapassar o tamanho do último evento do gênero, quando mais de 15 mil pessoas foram às ruas cobrar do governo Ratinho Jr. (PSD) uma proposta de reposição da inflação.

De acordo com o comando de greve, várias caravanas do interior chegam à capital nesta terça. A concentração dos grevistas será na Praça 19 de Dezembro, a praça do Homem Nu. De lá, eles seguem em passeata para a Praça Nossa Senhora da Salete, em frente ao Palácio Iguaçu e à Assembleia Legislativa.

O protesto da semana passada deu frutos: depois da mobilização, o governo apresentou uma primeira proposta de reposição que, embora tenha sido considerada inaceitável, pelo menos tirou a negociação do zero. Até então, Ratinho dizia que simplesmente não iria repor os 4,94% acumulados nos últimos 12 meses, exigência mínima dos grevistas.

No total, desde 2016, data do último reajuste para reposição de perdas inflacionárias, ainda na gestão de Beto Richa (PSDB), o funcionalismo paranaense acumula mais de 17% de perdas. Além disso, os servidores pedem a revisão de outros benefícios.

Ratinho, além de propor a reposição em parcelas que vão até 2022, propôs ainda que os servidores, em nome desse reajuste, abrissem mão do direito à licença prêmio. O governador tem dito que não tem como pagar o reajuste.

Nesta terça, além do protesto, há uma reunião entre governo e sindicatos para que mais uma vez se tente chegar a um acordo.

O jornalismo preciso, sério e de qualidade do Plural só é possível graças ao apoio de nossos assinantes. Todos os dias publicamos uma média de 23 reportagens, colunas, crônicas, análises, charges, tirinhas, literatura e muito mais. Nada disso é de graça, mas está disponível porque há quem invista em informação plural de qualidade. Apoie essa ideia. Assine o jornalismo do Plural.

Sobre o autor

Rogerio Galindo

Rogerio W. Galindo é jornalista e tradutor. Responsável pelo blog Caixa Zero, é um dos profissionais que criaram o Plural.jor.br

Deixe seu comentário